buscar
Alta Floresta - MT, 19 de outubro de 2019. 15:42
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

Menu

GERAL

SIMENORTE comemora 22 anos de fundação

09/10/2019 - 10:04 - Fonte: Edemar Luiz Savariz/Mato Grosso do Norte - Foto: Jornal Mt Norte

SIMENORTE comemora 22 anos de fundação

O SIMENORTE – Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Grosso - foi fundado no município de Alta Floresta em 10/10/1997, por empresários madeireiros que vieram para o município no início da colonização.

A fundação do SIMENORTE aconteceu com o objetivo de unir a classe madeireira, e assim, defender os interesses do setor, além de contribuir com o social. O Sindicato atende hoje os municípios de Apiacás, Carlinda, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e Paranaíta.

O Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Grosso obedece a uma hierarquia organizacional, filiado à FIEMT – Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso - que por sua vez, está vinculada à CNI – Confederação Nacional da Indústria. Atua em parceria com o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso – CIPEM - com a união de mais sete sindicatos patronais de Base Florestal.

Atualmente a entidade conta com aproximadamente 60 empresas filiadas, sendo que o setor madeireiro é o mais significativo como fonte socioeconômica da região. Destacando a geração de empregos diretos e indiretos e arrecadação de impostos. O setor representa a 4ª economia do estado.

Ao longo de 22 anos, o SIMENORTE tem atuado incansavelmente na luta em defesa do setor de base florestal. Integrante dos 8 sindicatos do Estado de Mato Grosso que formam o CIPEM. 

O presidente atual do SIMENORTE, Ednei Blasius, disse que ao longo desses 22 anos, o sindicato enfrentou grandes desafios. “É uma história de 22 anos e tivemos muitas conquistas importantes para o setor de base florestal. Hoje, atuamos junto com o CIPEM e os trabalhos desenvolvidos são de interesses coletivos do Estado de Mato Grosso, de uma maneira geral. Logicamente que aqui na nossa região também tem as suas demandas individuais. Recentemente tivemos uma conquista muito grande que foi um ganho na justiça que é o livre comércio sem a pauta de preços mínimos da madeira serrada, para outros estados”, disse o presidente.

Ednei disse que o SIMENORTE tem uma importância muito grande para o setor. “Se hoje nós não tivéssemos o SIMENORTE e o CIPEM, posso afirmar que o setor de base florestal do estado de Mato Grosso estaria quebrado. Isto porque Mato Grosso é o estado campeão em criar regras, legislação excessivas, impostos, taxas, classificação da madeira. O Estado tem uma legislação extremamente rigorosa com o setor de base florestal”, enfatiza. 

Para o presidente do SIMENORTE, o setor de base florestal não é contra a fiscalização e as cobranças. A reivindicação do setor é em relação à competitividade com os outros estados do país. “Não existe nada melhor no mundo para manter a floresta em pé do que o manejo florestal. O madeireiro é quem mais luta para a preservação da floresta, porque é dela que ele tira a matéria prima para o seu trabalho. Mato Grosso tem hoje mais de 3 milhões e 700 mil hectares de áreas de manejo, podendo chegar a mais de 6 milhões. Isso em áreas particulares. Por estes motivos a nossa luta é pela competitividade da madeira em relação aos outros estados”, disse Ednei

Para Jairo De Carli, primeiro presidente do SIMENORTE, houve a necessidade da criação do Sindicato para unir o setor em busca de informações da federação. “Tínhamos uma carência do entendimento das leis e de como trabalhar legal. Foi uma grande necessidade na época e até hoje ele está aí contribuindo muito com as atividades do setor de base florestal”, disse Jairo.

Jairo disse que a maior dificuldade que ele teve na época como presidente do SIMENORTE foi a falta de experiência. “Eu fui o primeiro presidente, mas ainda não sabia como funcionava direito o sindicato. Pegamos um estatuto do sindicato de Juara e fomos adaptando para a nossa realidade, mas trabalhando muito, fomos adquirindo experiência e contamos com apoio da classe jurídica para sanar as dúvidas que nós tínhamos”, complementa.

Passaram pela diretoria do SIMENORTE: Jairo de Carli – triênio 1998/2001. Aloir Librelato – biênio 2001/2003. Augusto Francisco dos Passos – biênio 2005/2007. Lindomar Elias Della Justina – teve dois mandatos 2007/2009 e 2009/2011. Eleandro Josemar Kremer – dois mandatos também, sendo os períodos de 2011/2013 e 2013/2015. Frank Rogieri S. Almeida – 2015/2017 e Ednei Blasius presidente atual.

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.