buscar
Alta Floresta - MT, 17 de setembro de 2019. 04:52
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

Menu

AGRONEGÓCIOS

MT: produção cresce quase o dobro da área e safra é recorde

18/07/2019 - 04:40 - Fonte:

MT: produção cresce quase o dobro da área e safra é recorde

A safra mato-grossense 2018/19 vai, de forma definitiva, se consolidando como recorde na série histórica do Estado e contabilizando o seu oitavo ano consecutivo como a maior do Brasil, desta vez com projeção de atingir 67,21 milhões de toneladas (t). Como nunca, a oferta inédita é fruto do ganho em produtividade e produção, que em comparação ao avanço da área plantada, cresceram quase o dobro. A expansão espacial foi de 4,7%, enquanto que a produção aumentou em 8,9%. 

Esses e outros dados foram divulgados hoje pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), por meio do 10º levantamento de safra, de um total de doze atualizações ao longo do ano-safra. No estudo de hoje, a Companhia revela que a oferta mato-grossense de grãos e fibra será 8,9% acima do recorde anterior, 61,71 milhões t, registrado no ano passado. Beneficiado por uma dobradinha de investimentos e clima adequado impactou positivamente sobre o desenvolvimento das lavouras, em especial as de segunda safra, milho e algodão. 

Nesse ciclo, Mato Grosso cultivou 16,06 milhões de hectares (ha), 4,7% mais que os 15,34 milhões contabilizados pela Conab no ano anterior. A produtividade cresce 4%, com média de 4.184 quilos/ha ante 4.022 quilos/ha em 2017/18. 

Com a produção de 67,21 milhões t, o Estado não apenas se distancia dos principais concorrentes brasileiros, como amplia a sua participação na oferta nacional, respondendo por quase 28% do volume. O Brasil, com recorde de grãos e fibra, deve colher 240,65 milhões t, o que projeta um avanço anual de 5,7% sobre o ciclo anterior. Sucedem Mato Grosso os estados do Paraná, segundo maior produtor com estimativa de 37,09 milhões t e alta anual de 6% e o Rio Grande do Sul, em terceiro, com incremento de 6,1% e safra de 35,29 milhões t. 

O diferencial de Mato Grosso está justamente nos resultados que estão sendo confirmados na medida em que a colheita de segunda safra avança, com o milho e o algodão, culturas responsáveis por mais um resultado inédito do Estado, no campo. Como destacam os analistas da Conab, quase todos os estados produtores de algodão no país apresentaram incremento em área plantada nesta safra, comparada à temporada anterior. “Nesse crescimento se destacam o Mato Grosso e a Bahia que, juntos, dispõem de mais de 88% da área estimada para a cotonicultura em 2018/19. Já a área do milho segunda safra sinaliza para aumento de 7,1% em relação à safra anterior. Neste período houve bastante estímulo para a produção do cereal devido à antecipação da colheita da soja e pela possibilidade do aproveitamento integral da janela climática, criando a expectativa de bons rendimentos na lavoura”. 

NO CAMPO – Das três principais culturas tidas como ‘carro-chefe’ da agricultura estadual, duas têm projeções positivas – milho a algodão – e apenas, uma, a soja – com a safra encerrada desde meados de abril – fechou o ciclo com perdas ante à safra anterior. A retração na oferta (-0,5%) resulta da redução da produtividade (-1,4%), passando de 3.394 quilos/ha para 3.346 quilos/ha. O curioso é que a área plantada aumentou em 1,9%, de 9,51 milhões ha para 9,69 milhões. 

O algodão contabiliza o segundo recorde seguido, com projeções atuais que superam o saldo histórico da safra anterior. Em 2018/19 a pluma deve somar 1,76 milhão t, volume de 36,8% acima da temporada passada – já recorde – com 1,29 milhão. Nessa cultura há um avanço de 38,3% na área plantada que passou de 777,8 mil hectares para 1,07 milhão. 

O milho – cuja segunda safra estadual é a maior do país – vai a 30,97 milhões t, ou, 18,2% acima do saldo de 26,20 milhões t da safra passada. A expansão em volume supera de longe os avanços em área (8%) e em produtividade (9,5%). Conforme atualização da Conab, a área passou de 4,47 milhões ha para 4,82 milhões. O rendimento por hectare foi de 5.860 quilos para 6.414 quilos. 

FOnte: Marianna Peres - Diário de Cuiabá - Foto: Oslen Dias

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.