buscar
Alta Floresta - MT, 08 de agosto de 2020. 16:40
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

SAÚDE

MT começa a dar sinais de estar próximo do ´platô´ da Covid-19

27/07/2020 - 05:08 - Fonte: Joanice de Deus/Diário de Cuiabá - Foto: Christiano Antonucci

MT começa a dar sinais de estar próximo do ´platô´ da Covid-19

No último dia 23 deste mês, Mato Grosso completou quatro meses da pandemia da Covid-19 e começa a dar sinais que se aproxima do "platô", ou seja, estabilização da doença.

A partir de agora, a população mato-grossense precisa aprender a conviver com a Covid-19 e, para isso, precisa adotar diariamente as medidas não farmacológicas, como distanciamento social, etiqueta respiratória e de higienização das mãos, como forma de prevenção.

Pelo menos essa é a avaliação do governador Mauro Mendes (DEM).

“Temos que aprender a conviver com essa doença, tomando as medidas, fazendo as restrições, mas também não matando ninguém (comércio) com medidas que já foram e deram a sua contribuição. É como qualquer remédio: se exagerar na dose, você pode trazer efeitos colaterais danosos à vida das pessoas, dos empregos e das microempresas”, disse Mendes. numa live, na na última sexta-feira (24), para anunciar novas medidas restritivas e, que agora, serão impositivas aos 141 municípios.

Na oportunidade, o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que o Estado começou a ter sinais de que está se aproximando de platô.

Segundo ele, nas últimas semanas houve uma redução das internações, período em que chegou a ter uma demanda de 291 hospitalizações, incluindo, leitos de UTI, depois passou para 268.

Na seguinte, esse número caiu para 295 internações. “E, estamos estimando para esta semana, 228 leitos”, avaliou.

Porém, essa redução soma-se ao incremento de vagas em UTI realizado e que ainda deverá ser feito no interior do Estado.

“Teremos mais 150 leitos que virão para a nossa grade de regulação, somando a 336 já existentes e, com isso, chegando a 486 leitos disponíveis exclusivamente para pacientes com Covid-19”, disse Figueiredo.

Ao lembrar que a ocupação das UTIs já ultrapassou os 95% no Estado, Mendes disse entender que o atual percentual de 87,95% representa uma atenuação da situação.

“Todas essas ações permitiram que diminuíssemos a fila de procura por UTIs. Ainda não é o ideal, mas durante três dias consecutivos ficamos abaixo de 90%, abaixo do 87%,89%, mas já chegamos a bater 97% há 15 dias, e isso mostra claramente que já existe um pequeno arrefecimento, um pequeno momento que podemos perceber uma possível tendência de melhora nos casos em Mato Grosso”, avaliou.

Além disso, ele lembrou que o Governo vem fazendo uma grande campanha, orientando que as pessoas possam procurar a unidade básica de Saúde ao apresentar os primeiros sintomas e possa tomar a medicação recomendação pelo médico, além de adquirir medicamentos e colocar em funcionamento do Centro de Triagem da Covid-19, após a compra de 400 mil testes rápidos, além de 100 mil doados pela empresa JBS.

"Já houve uma estabilidade nas três últimas semanas da média móvel de morte”, observou.

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.