buscar
Alta Floresta - MT, 11 de maio de 2021. 22:56
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

EDUCAÇÃO

Fórmula matemática descoberta por professor de Alta Floresta é publicada em enciclopédia internacional

23/02/2020 - 00:00 - Fonte: Redação com editoria - Foto: Arquivo Pessoal

Fórmula matemática descoberta por professor de Alta Floresta é publicada em enciclopédia internacional

O professor Murillo Cabral Silva Fonseca, especialista em matemática e professor efetivo na Rede Estadual de Ensino em Alta Floresta descobriu uma nova fórmula matemática, denominada A323703, que rendeu publicação na OEIS (Encyclopedia of Integer Sequences), uma fundação sem fins lucrativos, iniciada em 1964 por Neil J. A. Sloane, que contabiliza 300.000 sequências numéricas em sua base de dados.

O que o professor Murillo descobriu, uma nova fórmula, que gera números primos a partir de uma determinada sequência de números. A fórmula foi aceita pela OEIS e publicada no dia 18 de novembro de 2019 e está disponível clicando aqui. 

A ideia é simples: a partir do terceiro número, cada número da sequência A323703 gera um número primo. Os primeiros 20 números da sequência são 1, 3, 3, 5, 7, 9, 11, 13, 15, 19, 21, 25, 27, 29, 31, 35, 39, 41, 45, 47. Já os 20 primeiros números primos são 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, 31, 37, 41, 43, 47, 53, 59, 61, 67, 71.

Assim, o número 3 da sequência A323703 gera o número primo 5, o 5 da sequência gera o número primo 7, o 7 da sequência gera o número primo 11, o 9 da sequência gera o número primo 13 e assim por diante. Isso representa um grande passo na busca por se compreender o mistério dos números primos.

Conforme o professor e especialista em matemática, ao contemplarmos a natureza que nos cerca, a beleza espetacular que ela exprime nos arrebata o espírito, extasiado. Quer observemos a intrigante disposição das pétalas de uma flor ou na sondagem a graciosa arquitetura das asas de uma borboleta, lá estão os números ditando regularidade, proporção, simetria, equilíbrio e harmonia.

Os números não só descrevem configurações na natureza, eles moldam o universo. Dentre eles, os mais fascinantes são os números primos. Eles estão em toda parte, da senha do seu Facebook ao número vinculado à sua conta do WhatsApp. Um número é primo se ele possui apenas dois divisores, o 1 e ele mesmo. A sequência 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29, 31, 37, 41, 43, 47, 53, 59, 61, 67, 71 formam a lista dos 20 primeiros números primos.

Os números primos são muito importantes para o mundo moderno. Imagine se alguém pudesse ler as suas mensagens pessoais ou informações secretas, incluindo senhas bancárias. É graças aos números primos que isso não acontece (leia sobre Criptografia RSA).

É por causa deles que você realiza compras online com o cartão de crédito ou faz o login no site do seu banco, sem que seus dados sejam roubados.

Toda vez que você utiliza o navegador, digita informações em um site ou envia um e-mail, lá estão os números primos, fazendo a sua segurança. Quanto maior for o número primo utilizado, maior a segurança dos seus dados.

A busca por números primos gigantescos não é mero passatempo, mas um trabalho levado a sério por instituições como o Great Internet Mersenne Prime Search (GIMPS), um grupo de pesquisa que busca grandes números primos. O maior número primo, com quase 25 milhões de dígitos, foi descoberto por um dos membros do GIMPS, chamado Patrick Laroche, de 35 anos. A descoberta lhe rendeu um prêmio de aproximadamente R$ 11 mil.

Existem mais números primos do que grãos de areia em todos os desertos da Terra. Sabemos disso graças ao matemático grego Euclides de Alexandria que, por volta do século III a.C. – em sua obra Os Elementos, Livro IX, Proposição 20 – demonstrou que há infinitos números primos. Embora saibamos disso, ainda não fomos capazes de descobrir uma fórmula matemática para produzir números primos. Isso faz desses números um dos maiores mistérios da Matemática de todos os tempos.

Ao longo da história vários matemáticos, como Bernhard Riemann, dedicaram suas vidas a essa busca, embora sem sucesso. Essa busca ainda continua. A dificuldade em descobrí-la se deve ao fato de que ninguém conseguiu encontrar qualquer padrão matemático na distribuição dos números primos.

Olá, deixe seu comentário.

Já temos 3 comentários.
Nelise Cristina Gerhardt Cardoso

Nelise Cristina Gerhardt Cardoso

Parabéns ao professor Murillo! Uma ótima ideia!

24/02/2020 - 13:58
Juracy Dantas Gomes

Juracy Dantas Gomes

Fantástico. Sou professor de matemática e amante.

24/02/2020 - 11:06
Kaiyws

Kaiyws

O homem mais uma vez criando, e re-criando. Sabedoria que Deus a ele. Inteligência e razão!!!

23/02/2020 - 21:01
Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.