buscar
Alta Floresta - MT, 29 de outubro de 2020. 03:43
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

SAÚDE

COVID-19: vacina pode sair em dezembro e grupo de risco será prioridade, diz secretário

11/10/2020 - 06:37 - Fonte: Khayo Ribeiro/Gazeta Digital - Foto: Christiano Antonucci

COVID-19: vacina pode sair em dezembro e grupo de risco será prioridade, diz secretário

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse, na manhã de quinta-feira (8), que a perspectiva do Ministério da Saúde sobre a produção das vacinas é positiva e que, em um cenário positivo, a imunização poderá estar disponível em dezembro. Em Mato Grosso, o gestor apontou que o grupo de risco será a prioridade.

A fala do secretário foi feita durante coletiva de imprensa, realizada no Hospital Lions da Visão, em Cuiabá. No encontro, o gestor apontou que toda campanha de imunização é coordenada pelo Ministério da Saúde e que, neste instante, o estado não está envolvido em nenhum tipo de mobilização para adquirir vacinas.

'Quem faz a aquisição das vacinas é o Ministério da Saúde, disponibilizando aos estados. O governo de Mato Grosso não está tomando nenhuma iniciativa de fazer aquisição pontualmente pelo governo do Estado. É um investimento muito substancial, não existe vacina aprovada ainda e a nossa consonância com o Conass e o Ministério da Saúde é para que todos os estados sejam atendidos', explicou Figueiredo.

O grupo de risco citado pelo secretário como sendo o primeiro a receber a vacinação, quando estiver disponível, é composto tanto por pessoas com comorbidades quanto por profissionais da saúde - que ocupam a linha de frente entre os serviços mais requisitados durante a pandemia.

Quanto às vacinações, o secretário foi incisivo ao falar que as vacinas estão em fase de teste. Neste cenário, o imunizadores poderão estar disponíveis, em uma perspectiva positiva, entre o final de dezembro e início de janeiro de 2021.

'Tem vacinas que estão sendo utilizadas na fase de teste e nenhuma vacina vai ser implementada no país se não tiver a garantia que ela atingiu o grau de resolutividade necessário para se incorporar ao calendário vacinal que tem o Ministério da Saúde. O Brasil é um dos países com maior cobertura vacinal do mundo e essa é mais uma que vai entrar para seu calendário', apontou Figueiredo.

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.