buscar
Alta Floresta - MT, 18 de setembro de 2020. 07:06
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

POLÍCIA

Alta Floresta: mulher condenada a 12 anos de reclusão por crime ocorrido em 2009 é presa em frente a cadeia pública

09/09/2020 - 08:07 - Fonte: Redação Notícia Exata - Foto: Arquivo Notícia Exata

Alta Floresta: mulher condenada a 12 anos de reclusão por crime ocorrido em 2009 é presa em frente a cadeia pública

Uma mulher de 30 anos acabou sendo presa ontem, terça-feira (08), por volta das 11h20 próximo a cadeia pública de Alta Floresta.

A PM durante rondas relacionadas a operação “Ostensividade total”, passou em frente a cadeia pública e abordou a suspeita, ao proceder checagem junto ao banco nacional de monitoramento de prisão, constatou-se que havia em seu desfavor um mandado de prisão em aberto, ela foi condenada a 12 anos de reclusão em regime fechado, o mandado de prisão foi expedido em março deste ano pelo juizo da 5ª Vara de Alta Floresta.

De acordo com o apurado, o mandado de prisão contra Daiane Gabrieli Moraes da Silva, foi expedido em março deste ano, segundo ação penal formulada pelo Ministério Público, a suspeita, no dia 10 de outubro de 2009, por volta das 00h00, na Rua Pernambuco, bairro Cidade Alta em Cidade de Alta Floresta valendo-se de meio cruel e recurso que dificultou a defesa de Juliano Puttmaker Rodrigues, juntamente com demais co-réus que foram julgados em 2013, desferiu vários golpes de facas na vítima e disparos de arma de fogo.

As agressões teriam começado em uma casa, na rua Pernambuco, do bairro Cidade Alta e terminado em um matagal nas redondezas.

Conforme ação, na casa de Daiane, todos envolvidos estavam ingerindo cerveja e vinho, quando ela e a vítima começaram a discutir acerca de uma quantia de dinheiro que Juliano supostamente havia furtado dela. Ato continuo, Daiane chamou a vítima para dentro de sua residência para continuarem conversando longe dos outros, quando iniciaram as agressões contra Juliano, desferindo contra ele uma série de facadas, atingindo-lhe o peito, o pulso esquerdo e outras partes do seu corpo.

A vítima Juliano Puttmaker Rodrigues, na época tinha 16 anos.

Daiane Gabrieli Moraes da Silva foi apresentada na Delegacia Municipal de Alta Floresta juntamente com o mandado de prisão.

No decorrer do processo Daiane foi considerada pessoa agressiva, hostil, que age de forma ardil, cruel, com a paixões exacerbadas de forma a agir e reagir desproporcional e criminosamente às ações triviais, ainda, o mesmo revela personalidade fria desprovida de consciência social.

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.