buscar
Alta Floresta - MT, 02 de março de 2021. 00:01
PortuguêsInglêsEspanholItaliano

Notícia Exata

EDUCAÇÃO

Alta Floresta: Escola Estadual antecipa entrega de kits de alimentação para 200 estudantes

12/02/2021 - 05:36 - Fonte: Adilson Rosa Seduc MT - Foto: Divulgação

Alta Floresta: Escola Estadual antecipa entrega de kits de alimentação para 200 estudantes

A Escola Estadual Jayme Veríssimo de Campos Júnior, em Alta Floresta, se antecipou e iniciou ontem quinta-feira (11.02), a entrega do kit de alimentação escolar para seus 200 alunos matriculados.

Por conta da pandemia, o diretor Márcio Hrycyk entrou em contato com os pais e agendou a distribuição, respeitando as regras de biossegurança.

O diretor explicou que os agendamentos foram feitos para esta quinta-feira e sexta-feira (11 e 12.02). “Até o momento fizemos a entrega de 150 cestas. Vamos entregar para cada estudante matriculado”, destaca o gestor.

Todos os profissionais da unidade escolar colaboraram na montagem dos kits. 

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) estabeleceu que as escolas façam a distribuição dos kits entre os dias 18 e 26 de fevereiro. A iniciativa da direção da Escola Jayme Veríssimo de Campos Júnior foi elogiada pelo secretário de Educação, Alan Porto.

“Sabemos que a alimentação escolar é essencial para muitas famílias. Diante da pandemia, que ainda não permite que nossos estudantes retornem às salas de aula, solicitamos prioridade na entrega dos kits para as famílias”, destacou o secretário.

Matrícula obrigatória

Conforme orientação da Seduc, os pais que ainda não fizeram a rematrícula ou mesmo a matrícula podem ir até a unidade escolar e, assim que o procedimento for efetivado, já levam o kit alimentação.

Como resultado desse trabalho, a Escola Jayme Veríssimo de Campos Júnior realizou cinco rematrículas e ganhou 11 novos estudantes.

Mutirão

Durante a entrega dos kits, a equipe gestora aproveitou para fazer um mutirão de serviços. Além da divulgação da plataforma Google For Education para os pais ou responsáveis, para ativar o login institucional para acesso à plataforma, os pais receberam o material apostilado.

“Também mostramos o cronograma do nosso plantão pedagógico para tirar dúvidas dos alunos. Vai funcionar a partir da próxima quarta-feira (17.02)”, acrescenta o diretor.

Sem desperdício

A Seduc reitera que todos os alunos matriculados na rede pública estadual têm o direito de receber um kit, mas nem todas as famílias têm o interesse de retirar. “Devido a isso, para não ter perda de alimentos, a escola deve fazer ampla divulgação e verificar quem tem o interesse de retirada e com base nisso fazer as aquisições”, esclarece o coordenador de Alimentação Escolar da Seduc, Hesloam Maia.

Na Jayme Veríssimo de Campos Júnior apenas um pai não quis retirar o kit alimentação.

Cadakit alimentar custa, em média, R$ 100,00. O valor é 30% maior que o kit distribuído em 2020.

O kit é formado por:

- 2 pacotes de cinco quilos de arroz;

- 1 pacote de um quilo de feijão carioca;

- 1 litro de óleo de soja;

- 1 quilo de sal;

- 1 quilo de frango (podendo ser coxa, sobrecoxa ou peito);

- 1 quilo de vegetal (podendo ser abobrinha verde, cenoura, chuchu, beterraba, maxixe, quiabo ou abóbora cabotiã – de acordo com a disponibilidade contratada pela escola na chamada pública);

- 1 quilo de fruta (laranja, banana nanica ou banana maça, de acordo com a disponibilidade contratada pela escola na chamada pública);

- 1 quilo de tubérculo (podendo ser mandioca in natura, mandioca descascada, batata doce, bata inglesa, inhame ou cará, de acordo com a disponibilidade contratada pela escola na chamada pública).

Olá, deixe seu comentário.

Você precisa estar logado para enviar comentários.
CLIQUE AQUI PARA LOGAR

SOBRE NÓS
Expediente |  Fale Conosco |  Quem Somos


NOTÍCIA EXATA
Telefone: (66) 9 8436-0806
E-mail: contato@noticiaexata.com.br
Endereço: Rua A-4, nº 412, Setor A, Centro, CEP: 78580-000, Alta Floresta - Mato Grosso

Clay José Frantz ME - CNPJ: 13.321.695/0001-55
Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.