Alta Floresta (MT), 20 de agosto de 2017 - 23:36

Ezgif.com optimize  5

Política

20/04/2017 09:45 Celly Silva - Gazeta Digital

Blairo entrega cargo, mas Temer não aceita

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) Blairo Maggi (PP) estaria incomodado com sua inclusão na lista de investigados da operação Lava Jato, após delações dos ex-executivos da Odebrecht João Antônio Pacífico e Pedro Leão.

Por conta disso, Maggi procurou o presidente da República Michel Temer (PMDB) para colocar seu cargo à disposição. É o que traz a Coluna do Estadão, no site do jornal, nesta quinta-feira (20). 

Segundo a coluna, Blairo se considera injustiçado pela acusação dos delatores e quis deixar o presidente à vontade, abrindo mão do posto. Temer recusou o pedido, dizendo que confiava na sua inocência e capacidade. O ministro aceitou permanecer.

Na delação, Blairo é acusado de receber R$ 12 milhões da Odebrecht na campanha de reeleição para o governo de Mato Grosso, em 2006. Ele nega as acusações.

Procurada a assessoria de imprensa de Blairo Maggi negou a informação da Coluna do Estadão, afirmando que o último encontro entre o ministro e o presidente foi no café da manhã realizado com todo o staff ministerial e deputados federais da base aliada, no Palácio da Alvorada, na última terça-feira (18), onde foi tratado sobre a Reforma da Previdência. 

Além disso, Blairo está se preparando para uma viagem no próximo dia 7 de maio, onde vai percorrer os principais países importadores da carne brasileira, entre eles, China, Hong Kong, Arábia Saudita e Bélgica (União europeia), na tentativa de reposicionar a imagem do Brasil e minimizar os efeitos da operação Carne Fraca. 

Blairo Maggi admitiu que sente vontade de deixar o Ministério da Agricultura por conta do peso da Lava Jato, que o teria "desmontado", no entanto, afirmou que permaneceria por conta do compromisso com a equipe do Mapa em resolver a questão das frudes na fiscalização de frigoríficos. (Com informações do Estadão)


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9912-8992 ou (66) 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,1459
Euro 3,7012
18/08 16:10

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo